Menu e Galeria de Posts Recentes

Image Map

segunda-feira, 9 de março de 2015

RESENHA: TORMENTA - LAUREN KATE


"Quantas vidas você precisa viver antes de encontrar alguém que valha a pena morrer?"

Sinopse: Como consequência do que aconteceu na Sword & Cross, Luce foi escondida por seu namorado que é um anjo amaldiçoado, Daniel, em uma nova escola repleta de Nefilim, descendentes de anjos caídos e seres humanos. Daniel prometeu que ela estará segura aqui, protegida daqueles que querem matá-la. Na escola a Luce descobre o que as Sombras que a seguiram durante toda a sua vida significam – e como manipulá-las para ver dentro de suas outras vidas. Ainda assim, quanto mais a Luce aprende sobre si mesma, mais ela percebe que o passado é sua única chave para desbloquear seu futuro… e que Daniel não lhe disse tudo. E se a versão dele do passado não é bem como as coisas realmente aconteceram… e se a Luce era para estar realmente com outra pessoa?

A resenha pode conter spoilers do primeiro livro, que você pode ler a resenha aqui
Quando terminei de ler o primeiro volume da série, Fallen, fiquei me perguntando o que Lauren Kate faria para que o amor fofo de Daniel Grigori e Lucinda Price não caísse na mesmice. Nada melhor que inserir o elemento “dúvida” no relacionamento dos dois – e foi exatamente o que ela fez.

Parando no exato ponto que Fallen termina, Luce começa a viver em Shoreline, um colégio frequentado por Nephilim. Daniel continua sem querer contar nada e sua única explicação é insistir que Luce terá de descobrir tudo sozinha, inclusive sobre o pacto de 18 dias que os anjos fizeram com os demônios na intenção de esquecer diferenças e unir forças contra um inimigo maior, os Párias. Sendo assim, Luce começa a convocar os Anunciadores, (sombras úmidas e nojentas que a seguem a vida inteira) que contém momentos passados distorcidos, distantes ou recentes, enquanto vaga pelo mundo.
Luce, faz novos amigos em Shoreline que são Shelby e Miles, conhece seus novos professores Steven e Francesca que são um demônio e uma anjo (trabalhando juntos para que não haja influência em nenhum aluno Nefilim a escolher de qual lado lutar). 

Ela também aprende mais sobre os anunciadores  e que até o momento ela não sabia o porque. Essas sombras mostram partes distorcidas de seu passado e presente. Até agora não consegui imaginar exatamente como a Disney irá nos mostrar essas sombras.


A narração dia após dia em relação a trégua é um pouco irritante, pois a leitura vai se arrastando, e durante esses 18 dias nada aconteceu, apenas as briguinhas bobas de Luce com Daniel e a dúvida dela em relação ao amor dos dois. Na verdade, ela não tem dúvida nenhuma se o ama ou não. Ela quer saber mais sobre toda a história deles dois muito antes dela entrar na Sword & Cross... Se o que tinham era verdadeiro ou só uma maldição que os unia...
Sobre a protagonista neste livro: A maioria das confusões e problemas foi por causa de sua teimosia em desobedecer ordens, mesmo com orientações e correndo risco de vida. Sério, tinha horas em que dava vontade de dar um tapa na cara da Luce e gritar "Larga de ser burra, caramba!". 

Voltando ao elemento dúvida, Luce se vê na situação de que Daniel sabe muito sobre ela, e ela quase não sabe nada dele, só o conhece com os olhos do coração. E com todas essas dúvidas, ela se pergunta o que seria diferente em sua vida, caso não conhecesse Daniel, como seria essa vida… É a principal problemática do livro. Como saber se um amor é eterno se não houve chance para outro amor acontecer?

Eu não consigo colocar em palavras o quanto consegui absorver de significados nas entrelinhas de Tormenta, pois as mensagens, apesar de sutis, pra mim tiveram um significado enorme e só fizeram a ansiedade pelo volume seguinte da série, Paixão. O raciocínio desse livro é a ênfase na divisão entre o BEM e o MAL (que, nesse caso, é MUITO tênue).

Realmente é um livro que divide opiniões, já li muitas resenhas em que odiaram este livro e nem iriam continuar lendo a série, mas particularmente, apesar de tudo eu gostei da leitura sim. A Lauren Kate consegue fazer ganchos em pequenas histórias que são realmente fundamentais e servem de terreno para o próximo livro.