Menu e Galeria de Posts Recentes

Image Map

sexta-feira, 3 de abril de 2015

RESENHA: PERDENDO-ME - CORA CARMACK #1 Série Perdendo-Me






''Sotaque. ELE TEM SOTAQUE BRITÂNICO. Santo Deus, estou morrendo.''

Sinopse: VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-la da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual. Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?



Bliss Edwards é jovem, controladora, estudante do último ano de artes cênicas, feliz e virgem, características comuns de qualquer jovem, mesmo nos tempos atuais ela sendo virgem aos 21 anos não é tão incomum assim, mas para melhor amiga dela, Kelsey Summers, isso é abominável e a mesma decide que Bliss precisa perder a virgindade o quanto antes. Elas vão para o bar e depois de analisar várias homens, Bliss acaba encontrando Garrick Taylor, que a despertou por está lendo Shakespeare e os dois acabam se conhecendo um pouco. Entre vários amassos, as coisas acabam ficando quentes, mas Bliss não consegue ir adiante e depois de uma desculpa esfarrapada abandona Garrick em sua cama. Tudo que Bliss deseja é esquecer essa noite. Se isso já não fosse embaraçoso o suficiente, quando chega para sua primeira aula no último semestre de sua faculdade, ela reconhece seu novo professor. Ela o deixou nu em sua cama há poucas horas atrás.


O romance de estreia, e autopublicado, de Cora Carmack, é leve, sem nenhuma grande trama, e ideal para quem precisa dar umas boas risadas, com cenas quentes na medida certa. Bliss é toda confusa e com pouca auto-estima, mas conseguimos rir bastante com ela; e Garrick é tão companheiro e sexy, apesar de no final do livro, quando ele narra, percebemos que ele não é tão tranquilo assim. Juntos eles são tão divertidos que é difícil não ficar com um gostinho de quero mais após terminar o livro.

Ainda temos também um romance que passa por altos e baixos, onde torcemos para um final feliz durante todo o decorrer da história.

Os melhores amigos da protagonista são Kelsey e Cade Winston, um rapaz doce, encantador e companheiro. Kelsey é muito engraçada, extrovertida, é bem doidinha e adora aproveitar a vida, isso incluí muitas noitadas em baladas e sexo. Esses amigos passaram por diversas situações engraçadas, divertidas e também por tristeza e dor. O segundo livro da série chama-se Fingindo-me e conta a história de Cade. O terceiro livro conta a história da Kelsey e se chama Encontrando-me.


Perdendo-me foca também no teatro e nas indecisões desses jovens que estão terminando a faculdade. A maioria das pessoas já passaram por isso - na faculdade, colegial ou outra ocasião -, quando você termina algo que tanto ama e não sabe como será o futuro e tem medo de que suas escolhas sejam erradas. Achei bem interessante saber a rotina de um ator. 

Também há quotes muito legais como: 

"E então, devagar, como o nascer do sol espreitando no horizonte, ela sorriu. Ela fechou a caixa. Ela não gritou. Não saiu correndo. Não desmaiou. Ela pode ter chorado um pouco. Porém, na maior parte... ela dançou."


"Assim como com o teatro: a vida às vezes tem momentos perfeitos em que as estrelas todas se alinham, e você está exatamente onde quer estar, com ótimas pessoas, fazendo exatamente o que quer fazer."


Enfim... pode ter certeza que a diversão é garantida e a leitura é super rápida, li em apenas um dia. Super recomendo!