Menu e Galeria de Posts Recentes

Image Map

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

RESENHA: OTELO - WILLIAM SHAKESPEARE



"De todos os tormentos que afligem a alma, o ciúmes é o mais intolerável."


Sinopse: A tragédia Otelo, de William Shakespeare, foi publicada pela primeira vez por volta de 1622. No entanto, sua composição é datada de 1604. O seu personagem principal Otelo é um general mouro que serve o reino de Veneza. Inicia-se com Iago, alferes de Otelo, tramando com Rodrigo uma forma de contar a Brabâncio, rico senador de Veneza, que sua filha, a gentil Desdêmona, tinha se casado com Otelo. Iago queria vingar-se do general Otelo porque ele promoveu Cássio, jovem soldado florentino e grande intermediário nas relações entre Otelo e Desdêmona (rsrs), ao posto de tenente. Esse ato deixou Iago muito ofendido, uma vez que acreditava que as promoções deveriam ser obtidas "pelos velhos meios em que herdava sempre o segundo o posto do primeiro" e não por amizades. Então, ele começou a fazer um terrível plano de vingança que tinha como objetivo arruinar seus inimigos. Hábil e profundo conhecedor da natureza humana, Iago sabia que, de todos os tormentos que afligem a alma, o ciúme é o mais intolerável.


domingo, 5 de outubro de 2014

RESENHA: ENTRE O AGORA E O SEMPRE - J.A. REDMERSKI #2



" Eu prometo te amar para sempre nessa vida e em qualquer lugar que nós formos depois da morte, porque eu sei que não posso seguir em frente em nenhuma vida se você não estiver nela também. "


ESTE LIVRO É A SEQUÊNCIA DE ENTRE O AGORA E O NUNCA. SE VOCÊ NÃO LEU O PRIMEIRO LIVRO, CUIDADO: ESTA RESENHA CONTEM SPOILERS!

Como já disse na resenha anterior, li Entre O Agora e O Nunca por indicação de uma amiga, porém me apaixonei pelo livro. Quando eu terminei esta leitura, resolvi ler a sequencia, Entre O Agora e O Sempre. Mas confesso, tive muito medo do segundo volume da obra de J.A. Redmerski perder o seu brilho. Para a nossa felicidade isso não aconteceu e Redmerski conseguiu trazer de volta toda a perfeição do primeiro livro. Aliás, há alguns spoilers adiante, então pare agora se você prefere conferir por si mesmo.

RESENHA: ENTRE O AGORA E O NUNCA - J.A. REDMERSKI #1



Quando uma amiga me indicou este livro na base do "AI POR FAVOR, LEIA ESSE LIVRO! É PERFEITO! LÊ POR FAVOR, AMIGA!" eu não estava nem um pouco afim de ler uma historia sobre uma road trip. Sério, eu achei que o livro seria um saco e eu odiaria. 
Mordi minha língua e me apaixonei loucamente por Entre O Agora E O Nunca <3


Sinopse: Camryn Bennett é uma jovem de 20 anos que desistiu do amor desde que Ian, seu namorado, morreu num acidente de carro há um ano. Sua melhor amiga, Natalie, é a única capaz de animá-la. Mas a relação entre as duas fica abalada quando o namorado de Nat revela à Camryn que está apaixonado por ela. Perdida, sem saber o que fazer, Camryn vai para a rodoviária e pega o primeiro ônibus interestadual, sem se importar com o destino. Com uma carteira, um celular e uma pequena bolsa com alguns itens indispensáveis, Camryn embarca para Idaho.

sábado, 4 de outubro de 2014

RESENHA: AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL - STEPHEN CHBOSKY



Sinopse: Cartas mais íntimas que um diário, estranhamente únicas, hilárias e devastadoras - são apenas através delas que Charlie compartilha todo o seu mundinho com o leitor. Enveredando pelo universo dos primeiros encontros, dramas familiares, novos amigos, sexo, drogas e daquela música perfeita que nos faz sentir infinito, o roteirista Stephen Chbosky lança luz sobre o amadurecimento no ambiente da escola, um local por vezes opressor e sinônimo de ameaça. Uma leitura que deixa visível os problemas e crises próprios da juventude.


As vantagens de ser invisível conta a história do fofo Charlie que tem 15 anos e acaba de iniciar o ensino médio. Não tem como não gostar dele, sério. Ele é tão simples, comovente, inteligente e carismático.
O livro é contado através de cartas que o personagem escreve a um amigo. Não fica claro quem é o remetente e nem se ele é real, mas podemos entender que é como se o Charlie tivesse escrevendo para nós leitores.

RESENHA: A CULPA É DAS ESTRELAS - JOHN GREEN





"Alguns infinitos são maiores do que outros."




Sinopse: Em A Culpa é das Estrelas, Hazel Grace é uma paciente terminal de 16 anos que tem câncer desde os 13. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante — o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos —, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A Culpa É das Estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar.


Como a sinopse já diz, Hazel é uma garota encantadora de 16 anos que possui câncer, mas o mais interessante em sua personagem é que ela não é o clichê que nós estamos acostumados a ler ou assistir algum filme que contenha uma personagem com câncer. Ela é inteligente, decidida e se preocupa com quem esta ao seu redor, e não é aquela personagem que você sente apenas pena porque ela tem uma doença terminal.